O quinto dia de prova conduziu a caravana até San Rafael

Giniel de Villiers (Vokswagen) desempatou a favor da Volkswagen as vitórias nas etapas. O sul africano fez a diferença nos últimos 150 quilómetros depois de um início mais moderado. Villiers terminou o dia em 5h4743s deixando Dieter Deping (Vokswagen) a pouco mais de dois minutos.
Fonte:http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkId=69157
O campeão de ralis da Alemanha, liderou grande parte do dia mas perdeu nos quilómetros finais. Robby Gordon (Hummer) tinha prometido atacar e assim o fez vindo a garantir a terceira melhor marca, a apenas 4m12s do rival da Volkswagen.
Apesar da vitória na etapa, a liderança voltou a trocar de mãos com Nasser Al-Attyiah a reassumir o comando da prova na sequência do quarto tempo alcançado. Carlos Sainz (Vokswagen) sentiu dificuldades. Teve de cumprir 200 quilómetros sem direcção assistida e na zona de dunas acabou por não evitar um capotamento, que deixou o Touareg sem capot, vindo a perder 15 minutos para Villiers e a liderança para Al-Attiyah.
Peterhansel era o mais rápido à passagem do quilómetro 476, mas também ele teve problemas na última secção de dunas, não evitando um capotamento, que danificou os radiadores e fez que com que chegasse ao bivouac com o «coração nas mãos» vindo a terminar o dia apenas na nona posição, ele que ainda apanhou uma penalização de 15 minutos.
Quem ficou de fora da edição deste ano foi Elisabete Jacinto. A piloto portuguesa não evitou um toque no buggy de Yvan Muller com os dois veículos a incendiarem-se. O buggy do Campeão do Mundo de Carros de Turismo estava atascado e devido ao imenso pó que se verificada a piloto não conseguiu evitar o embate. O buggy incendiou-se, vindo o fogo a alastrar-se ao MAN da Oleoban. Uma situação que, infelizmente, não criou feridos.
Na competição reservada às duas rodas, Jonah Street foi o grande vencedor. O piloto da KTM demorou 6h41m06s . Frans Verhoeven (KTM) conseguiu a segunda marca a cinco minutos do mais rápido logo seguido por Francisco Lopez (KTM).
Marc Coma teve problemas, entre os quais um furo, e não foi além da nona posição perdendo 15 minutos para o americano. O espanhol mantém-se no comando agora com 27 minutos de avanço.
A etapa correu bem a Hélder Rodrigues que alcançou a quinta posição, a 10 minutos de Street. O piloto da Lagos Team ocupa agora a sexta posição da geral, a 1h17m de Marc Coma.
Também Paulo Gonçalves conseguiu subir posições. O piloto da Honda conclui o dia na 11ª posição e ocupa agora o 12º posto. Bianchi Prata terminou o dia com o 35º tempo e subiu para os 50 primeiros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: