Médico amputa braço com instruções por SMS

Um médico britânico, que trabalhou como voluntário na República Democrática do Congo, conseguiu amputar o braço de um paciente seguindo as instruções enviadas por um colega através de SMS.O cirurgião vascular David Nott fez a operação improvisada, em Outubro, num adolescente de 16 anos cujo braço esquerdo tinha sido arrancado por um hipopótamo, na cidade de Rutshuru, no leste do Congo.

Um outro médico tinha amputado parte do braço do adolescente, mas o que restou do braço no corpo infeccionou e precisou ser também amputado, sob perigo de morte para o jovem. Nott viu-se assim obrigado a retirar a clavícula e a omoplata, uma cirurgia que nunca tinha realizado.

“Ele estava a morrer. Tinha apenas dois ou três dias de vida quando o vi”, disse Nott, que trabalha no hospital Charing Cross, em Londres.

O médico, voluntário da organização Médicos Sem Fronteiras, enviou uma mensagem de texto pelo telemóvel a um colega na Grã-Bretanha – o único que ele conhecia com os conhecimentos para esta operação -, pedindo instruções para o procedimento.
“Quase imediatamente ele respondeu-me como fazer, passo a passo”, afirmou o médico à BBC.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: