Comunidade muçulmana de Mumbai tenta se dissociar dos atentados

lolzMUMBAI, Índia (AFP) – Os muçulmanos de Mumbai também foram atingidos pelos recentes atentados na cidade, cometidos em nome do islã, mas agora precisam se dissociar dos ataques, temerosos de que os partidos hindus explorem a situação nas ruas – e nas urnas.
Entre 20 e 30% das 188 vítimas fatais dos atentados pertenciam à comunidade muçulmana, que representa aproximadamente 15% da população de Mumbai, mas seus líderes não escondem uma grande preocupação de que uma discriminação seja incentivada pelos seguidores radicais do hinduísmo.
Na sexta-feira, os muçulmanos de Mumbai organizarão uma marcha em memória às vítimas após a tradicional oração do dia. Personalidades conhecidas da comunidade local, por sua vez, pediram que os rituais da celebração de Aid al Adha, a festa do sacrifício, sejam limitados. Ao mesmo tempo, várias organizações islâmicas se negam a permitir que os terroristas mortos nos atentados sejam enterrados na Índia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: