Descoberta cabeça de Ramsés II.

A cabeça foi encontrada num sítio arqueológico em Tell Basta, na província de Sharquiya, e estava enterrada a 1,5 metros de profundidade. Arqueólogos egípcios descobriram uma cabeça de granito pertencente a uma estátua de Ramsés II no Delta do Nilo (norte do Egipto), anunciou o Conselho Superior de Antiguidades (CSA) em comunicado.

“Os estudos iniciais demonstram que a cabeça da estátua pertence ao faraó Ramsés II, tem traços definidos e o nariz e o queixo estão partidos”, declarou Farouk Hosni, ministro da Cultura do Egipto.

Por outro lado, o secretário-geral do CSA, Zahi Hawas, sublinhou que “as escavações neste sítio podem levar à descoberta de um templo de Ramsés II com os restos da estátua, que pode ter até 4,5 metros de altura”.

Tell Basta é um dos sítios arqueológicos mais importantes da região do Delta do Nilo, um conjunto de ruínas que indica o local da antiga Bubastis.

Segundo o historiador grego Heródoto, Bubastis – capital egípcia durante a 22ª dinastia – era considerada a cidade mais culta do Egipto. Aí se venerava a deusa Bastet, representada pela figura de uma mulher com a cabeça de gato.

Do tempo de Ramsés II, um dos mais importantes faraós do antigo Egipto, conhecia-se até agora o templo construído em sua homenagem há 3.300 anos em Abu Simbel, na região da Núbia (1.200 quilómetros ao sul da capital Cairo).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: