PJ detém piratas informáticos

Recolhiam de dados de “home banking”, direccionando os clientes para um site com a imagem institucional do seu banco.

A Polícia Judiciária (PJ) do Porto anunciou a detenção na Póvoa de Varzim de dois cidadãos estrangeiros alegadamente envolvidos na transferência ilícita de 90 mil euros, através de burla informática.

De acordo com a agência Lusa, os dois homens, um dos quais já estava referenciado pela prática de infracções similares, foram detidos esta quinta-feira, numa operação em que a PJ contou com a colaboração da PSP.

Segundo a PJ, o esquema assentava no chamado método de “fishing”, ou seja, na recolha de dados de “home banking”, direccionando os clientes para um site com a imagem institucional do seu banco, mas controlado pelos piratas informáticos, onde eram pedidas informações necessárias à movimentação da conta.

Na posse dessas informações, dadas por clientes menos cautelosos, indivíduos localizados num país de Leste transferiam electronicamente o dinheiro dos lesados para contas dos dois arguidos, que o levantavam numa agência bancária em Portugal.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: