Os Elefantes de Samburu

A segurança e a aprendizagem são cruciais para os elefantes. Nas savanas de Samburu, no Quénia, as crias são vigiadas pelas fémeas, enquanto os adolescentes combatem, de forma amigável, de forma a desenvolverem capacidades socias, de confiança e força.

O contacto físico entr eles cria laços fraternais mas também podem criar lutas. As lutas entre os mais novos, ajudam os adultos a obter dados sobre as interacções posteriores através das quais os adultos resolvem essas disputas.

Ao atingir a maturida sexual, os machos deixam de ser bem-vindos entre a parentela feminina. Os banhos de lama servem para se protegerem contra parasitas econtra o sol.

 

As grandes secas em Áfricas podem matar muitos elefantes, ameaçando assim a sua espécie. Para além das secas, o abate de elefantes é, também, uma grande ameaça á espécie destes animais.

 

Fonte: National Geographic, Setembro de 2008                            Autores:Beatriz Taborda e Mafalda Sardinha

Anúncios

Uma resposta to “Os Elefantes de Samburu”

  1. Caros,

    Gostaria de usar uma de suas fotos para capa do cd com o titulo, pesado e sujo(elefante na lama), seria possivel?
    E essa foto com dois elefantes na lama acima…

    grato pela atenção

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: