iPods mais ecológicos

A Apple apresentou versões reformuladas do leitor de música iPod, o seu mais popular produto, que são mais baratas, mais finas e também mais respeitadoras do ambiente, passando a usar materiais menos poluidores.
Fonte: Jornal de noticias


No mesmo evento, decorrido terça-feira, em que foram apresentados vários produtos da empresa norte-americana, foi revelado que o iPhone vai receber uma actualização gratuita de “firmware” para resolver erros em algumas aplicações e para melhorar a vida da bateria.
Numa apresentação em São Francisco, nos Estados Unidos, visionada em directo por jornalistas estrangeiros em Londres, o presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, qualificou as duas novas versões do iPod Touch e iPod Nano como “altamente recicláveis”.
De acordo com o fundador do fabricante norte-americano, estes aparelhos usam agora vidro sem arsénico e não contêm mercúrio, PVC (cloreto de polivinilo) e BFR (retardantes de chamas à base de carbono), passos que já havia prometido tomar em toda a sua gama de produtos até ao final do ano.
Esta questão já tinha sido levantada por várias organizações governamentais, o que levou inclusivamente a Apple a anunciar um programa gratuito de reciclagem do leitor de música em 2005.
Steve Jobs aproveitou a apresentação de novos produtos da Apple para brincar com os rumores e notícias sobre a sua saúde: “as informações sobre a minha morte foram exageradas”, ironizou Jobs.
Reivindicando a liderança na venda dos leitores de música portáteis e mais de 160 milhões de iPods vendidos, a Apple anunciou a também redução do preço dos aparelhos, que vão começar a ser vendidos dentro de dias em todo o mundo.
Na gama dos iPod nanos, o formato passou a ser mais longo e fino e novas funções introduzidas, entre as quais de um “acelerómetro”, que realiza tarefas ao abanar o aparelho, já incluído no iPhone.
No iPod Touch, também mais fino, passou a ter uma coluna de som incorporada e a habilidade de servir como consola de jogos foi reforçada.
O iTunes, serviço de venda de música, que já oferecia também filmes, séries de televisão, jogos e aplicações, passa agora a oferecer filmes de alta definição, mas, por ora, apenas nos EUA.
Em Portugal, este serviço apenas vende música, jogos, livros áudio e podcasts, não estando agendado o alargamento às funcionalidades audiovisuais dos congéneres internacionais.
Os utilizadores do iTunes podem agora também fazer listas de músicas semelhantes usando uma nova opção chamada “Genius”, baseada nos gostos e contribuições dos seus milhões de clientes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: