EUA: Investigadores encontram gravação mais antiga de sempre

Um grupo de investigadores norte-americanos descobriu aquilo que considera ser a gravação de música mais antiga de sempre. A canção francesa, com apenas 10 segundos, data de 1860, 17 anos antes da invenção do fonógrafo. O historiador David Giovannoni considera a descoberta, realizada no início do mês, como algo «mágico», já que «é como se um fantasma estivesse a cantar», acrescentando que a gravação terá sido realizado no dia 9 de Abril, por Edouard-Leon Scott. Apesar de ser uma descoberta «importante a vários níveis, não tira o mérito a Thomas Edison», o primeiro, de acordo com a história, a ter gravado som. «É como descobrir a fotografia mais antiga do mundo e saber que foi tirada 17 anos da invenção da câmara», concluiu o especialista. Giovannoni, que soube da existência da gravação durante uma viagem a Paris, explicou que Scott teria inventado um aparelho, baptizado de fonautógrafo, que conseguia riscar ondas de som numa folha de papel, escurecido por um lampião. Pouco tempo depois da descoberta, e com a ajuda de outros especialistas em história e som, o historiador conseguiu traduzir o que estava «escondido» no papel em som, concluindo que se tratava de uma canção francesa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: